"Há certas frases que se iluminam pelo opaco."

(Manoel de Barros)

sábado, 27 de agosto de 2011

Quadrilha


      "João amava Teresa que amava Raimundo
      Que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili 
      Que não amava ninguém. 
      João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento, 
      Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia, 
      Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes 
      Que não tinha entrado na história."


- Muito obrigada, Pedro. E então, turma, alguma dúvida, algum comentário a respeito do texto?
- Professora!
- Sim, Tatiana...
- A Lili não amava NINGUÉM???
- Bom, é o que diz o poema.
- Então como é que ela casou com o J. Pinto Fernandes?
- Bom, provavelmente eles se conheceram depois, ela passou a amá-lo, e eles se casaram... Mais alguma coisa?
- Mas, professora! Por que ela não se casou com o Joaquim?
- Como é, Tati?
- É, ué! Se o Joaquim já amava a Lili antes dela conhecer o J. Pinto Fernandes, ela devia ter casado com ele logo! E se ela não conhecesse o outro depois? Ia ficar sem casar?